-->

15 junho, 2006

A Padmasambhava


Ajudai-a Senhor...
Ajudai-a que não fui capaz.
Derramai sobre ela vossa chuva cristalina,
Poupai-a da vida triste que tanto lhe ensina.

Ajudai-a Senhor...
Ajudai-a que não tive força.
A ela que se esmola contorcida, abandonada
Salvai-a da vida cega à beira de uma estrada.

Ajudai-a Senhor...
Ajudai-a que me escondi
Agachado num ego incompetente
Por demais ameaçado pl'os sons da mente.

Ajudai-a Senhor...
Ajudai-a que não o fiz.
Envie-lhe um Ser Ascenso que lhe aponte
Uma estrela de Paz eterna...
no seu Horizonte...


Rui Diniz

1 Comments:

Blogger Eloy Júnior disse...

Simplesmente perfeito! parabéns!

abril 06, 2009 11:59 da tarde  

Enviar um comentário

Atalhos para este post:

Criar uma hiperligação

<< Home